Vermicompostagem

Atualizado: 12 de abr. de 2021

Segundo Darwin, "A minhoca é a melhor amiga do homem", que também dizia: "o arado é

uma das mais antigas e preciosas invenções do homem, mas antes de sua invenção a terra já era arada pelas minhocas".


A minhocultura destina-se a produzir minhocas com o objetivo de produção de carne (proteína) barata, para a alimentação de pequenos animais, como rãs, peixes, aves, camarão-de-água-doce, e, principalmente, na produção de húmus, ou vermicomposto (terra vegetal), para fins hortícolas, fruticolas, jardinagem e florícultura,


É interessante saber que a minhoca é hermafrodita; após o acasalamento, cada indivíduo, sem distinção, irá produzir um casulo com até 7 ovos por dia (espécies comerciais).


A matéria orgânica humificada, no caso o vermicomposto ou húmus, é de grande importância para a fertilidade dos solos e, consequentemente, para a produtividade agrícola, porque ela atua nas Propriedades Físicas, Químicas e Biológicas do solo. O húmus resultante da transformação de estrume de cavalo pela minhoca vermelha da Califórnia tem cerca de 15 vezes mais nutrientes do que o mesmo estrume de equídeos antes de ser submetido à vermicompostagem.. O húmus é inodoro.


Desde 2012 que recorremos à vermicompostagem para fertilizar e melhorar os nossos solos. Na altura, iniciamos este processo com um efetivo de cerca de 6000 exemplares (3 Kg) de minhocas adquiridos à Ecominhocas, uma firma dedicada à vermicompostagem, localizada perto de Óbidos, e que opera em Modo de Produção Biológico (MPB). Como substrato de base para a produção de húmus, utilizamos básicamente o estrume e as camas dos equídeos da quinta, bem como excedentes vegetais das nossas hortas e árvores de fruto,


Produzimos húmus em 3 caixas de madeira com as dimensões de 2,60 m de comprimento x 1,30 m de largura x 50 cm de altura. No seu conjunto, estas caixas têm uma capacidade para 5 m3.. As minhocas transformam o substrato em húmus a cada 3 meses aproximadamente.



As caixas de madeira não têm fundo nem tampa, pelo que revestimos o interior com tela de sombreamento mais compacta, de forma a evitar que as minhocas se evadam, mas que permita a drenagem da água da chuva. As caixas são tapadas com duas camadas de tela de sombreamento: uma mais porosa, utilizada no verão para permitir libertar o calor em excesso e outra de malha mais compacta, por cima da primeira, que colocamos nas épocas do Outono/Inverno para reter a temperatura e e evitar a entrada de água das chuvas em demasia. Estas telas também protegem as minhocas da luz do sol, pois estes invertebrados não suportam luz, ao mesmo tempo que os protegem dos ataques das aves e galinhas.

A humidade nas caixas deve permanecer constante, nem demasiado seca, mem húmida. Uma forma de verificar o nível de humidade é espremer um punhado de húmus na mão; deverão escorrer poucas gotas de água. Se não escorrer água nehuma, está seco, se escorrer em demasia está muito molhado.



A cada trimestre, o número de minhocas duplica, o que nos permite utiliza-las como suplemento alimentar proteico para as nossas aves BIO, nomeadamente galinhas, perús, e pavões. Também fornecemos minhocas vivas aos peixes do lago biológico.


O processo de vericompostagem é simples e não requere muitos cuidados.



A fase mais exigente, é a extração do humus das caixas e o seu subsequente enchimento com matéria orgânica. No primeiro ano separavamos as minhocas do húmus com uma peneira. para preservarmos o maior número de minhocas para o enchimento subsequente das caixas, o que se tornava uma tarefa demorada e exigente.. A partir do 2º ano, já tinhamos um grande efetivo, pelo que limitamo-nos a deixar uma altura de húmus com minhocas de cerca de 5 a 10 cm e colocamos a nova matéria orgânica por cima. O húmus, misturado com as minhocas é apanhado com o auxílio do carregador frontal do trator, e é depositado diretamente nos campos, ou nos jardins. O húmus desidrata facilmente sem a presença de humidade, pelo que deverá ser misturado com a terra logo que possível.


As minhocas que vão à terra irão funcionar como os arados de Darwin.




A vericompostagem é um excelente exemplo da verticalidade dos processos agrícolas, permitindo o reaproveitamento dos excedentes em benefício da melhoria dos solos e da alimentação das aves. Desta forma temos vindo, de uma forma continuada, económica e sustentada, a fertilizar os nossos solos e a torná-los mais leves e apropriados para a horticultura.


À escala doméstica, a vermicompostagem torna-se igualmente importante no aproveitamento dos resíduos da cozinha, jardins, papel e papelão.


A Brotos de Samambaia vende minhocas vermelhas da Califórnia e húmus a granel e em sacos. Convidamo-lo a visitar-nos e a verificar in loco o nosso processo de vermicompostagem.




13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo