Cebola de dias curtos

Terminamos a plantação da cebola de dias curtos.  Esta variedade, conhecida por cebola  de Outono/Inverno ou de dias curtos, é semeada ou plantada entre Setembro e Novembro e colhida entre Março e Junho. Esta cebola apresenta uma capacidade de conservação relativamente mais baixa do que a cebola de dias longos, pelo que a sua comercialização não prevê a conservação em frio. Em condições normais, os solos mais indicados para a produção de cebola de Inverno são os de textura arenosa a franco-arenosa. 

Já para a Cebola de Primavera/Verão ou de dias intermédios e longos, semeada ou plantada entre Janeiro e Março, para ser colhida entre Julho e Setembro se considera a conservação, sendo nosso objetivo conserva-la até até Março, altura em que inicia a colheita da cebola de dias curtos, fechando deste modo o ciclo. Em condições normais, os solos mais indicados para a produção de cebola de conservação são os de textura franca a franco-argilosa, de pH neutro ou alcalino, bem drenados.

28.11.2021

plantação cebola dias curtos.jpg
alface roxa frisada.jpg
couve portuguesa.jpg

Estado das culturas em 01NOV21

No dia de todos os Santos visitamos as nossas culturas de outono/inverno. 

As alfaces verdes encontram-se num estado de desenvolvimento superior ao das roxas, 

A beterraba já atingiu metade do crescimento esperado.

As couves kale, cultivares verde e roxa estão saudáveis e muito bonitas,

A couve portuguesa começa a fechar. 

A couve coração está mais atrasada.

01,11.2021

couve kale roxa.jpg
alface verde frisada.jpg

Forragem para animais

Esta época a seara de feno rendeu-nos 574 fardos, suficiente para alimentar os cavalos e os caprinos durante o ano, 

Utilizamos uma mistura biodiversa de sementes da Fertiprado, composta por azevéns, aveia, ervilhaca e trevos anuais, que os cavalos muito apreciam. 

26.05.2021

feno.jpg
Teska_edited.jpg

Agricultores biológicos que perderam a colheita

O jornal online OBSERVADOR publicou em 7.04.2021 um interessante artigo do jornalista João Francisco Gomes, sobre a perda da certificação MPB de uma exploração no Alentejo, devido a contaminação por substâncias fitofarmacêuticas não autorizados em MPB, provenientes de explorações vizinhas em modo de exploração tradicional ou "produção integrada".

Aqui fica o "link":

https://observador.pt/newsletters/nao-imprima-esta-newsletter/os-agricultores-biologicos-que-perderam-a-colheita-e-os-ativistas-do-clima-que-montaram-uma-campanha-contra-a-galp/

08.04.2021

Começou a época da rega

No seguimento de um Outono e Inverno generosamente chuvosos, tivemos um mês de Março relativamente seco, o que nos levou a iniciar a época de rega antes do tempo previsto.. 

07.04.2021

lombardo (2).jpg

Lombardo pronto para colheita

Colhemos o fim-de-semana passado o primeiro lombardo do primeiro lote plantado em Novembro.   Durante o mês de Maio as plantas deverão atingir .a plena maturidade.. 

06.04.2021

Tanque de rega da Quinta da Cerca encheu

O tanque da quinta da Cerca é abastecido por gravidade por água de uma mina e tem uma capacidade para 450 m3. Leva cerca de 3 semanas a encher, tendo ficado cheio durante o mês de Janeiro, É a principal fonte de abastecimento de água de rega da quinta.

10..02.2021

Tanque da Cerca